A Sombra de AverReign

Sessâo 3

Investigações

Os grandes aventureiros se encontram na taverna Porco Empinado, quando um gigante homen branco chega na taverna, pedindo o de sempre. Ele se revela como Trugiderg, um jotun trabalhando para Frederick Kaufman, ele entrega um pagamento adiantado e uma nova missâo para os aventureiros, para começar apenas no dia da festa.

Enquanto andando por perto do Cavalo Branco, os aventureiros encontraram uma mulher chorando, Menae indagou o que estava havendo, aparentemente ela havia feito um emprestimo com os agiotas do porto e estava devendo 20cp, Gunter entregou um pouco de dinheiro enquanto o grupo falou que iriam tentar encontrar um nobre que necessitasse de uma empregada.

Após o breve encontro, o grupo foi em direção do templo do Pai Morte para descobrir mais pistas sobre o assassinato de Klaus. Após serem recebidos por um acolito do Pai Morte, eles foram para o necroterio do templo.

No necroterio eles encontraram Galvin Ardes, o cuidador, ele mostrou aos aventureiros que a morte foi causada por um veneno injetados na nuca, antes de ser esfaqueado, (com o conhecimento sobre a natureza de Menea, ficou claro que o envenenamento foi proposital) no entanto mesmo o veneno sendo letal Klaus foi esfaqueado. Não era claro se havia sido um ataque premeditado contra Klaus or se havia sido parte de um experimento, o grupo apesar de um pouco abalado pelas más noticias, eles seguiram em frente para descobrir novas pistas dos ultimos acontecimentos.

Novamente nas docas, o grupo escuta um homem gritando a plenos pulmões loucuras de que as cidades não deviam ser governadas pelos lordes, mas sim pelo povo… E eles poderiam saber mais comprando o seu livro por uma mera bagatela de 5 moedas de cobre. Menae resolveu comprar o livro de Landolf Gramlig, em que a cada página de seu livro ele "contava" como os nobres eram corruptos e terriveis, abusando do povo e utilizando o seu dinheiro.

O proximo encontro nas docas foi com Kurt, que tinha uma teoria que as pessoas que estavam desaparecidas haviam sido levadas pelos demonios pois haviam algo pendente ou haviam visto os demonios diretamente.

Eis que então as docas pegam fogo, grandes labaredas eram vistas a distancia, provocadas por um barco queimando enquanto docado. Gunter e Trugilderg viram duas sombras correndo das docas, sem pensar duas vezes, ambos correram alucinadamente atrás das sombras. Ulfric e Menae foram em direção do barco em fogo.

Perseguição: Quando os dois individuos viram que estavam sendo perseguidos, eles correram para dentro da taverna Porco Empinado. A dupla logo chega no local, entrando a toda força e procurando os suspeitos, não os encontrando na taverna mas gunter percebeu um movimento suspeito de certos clientes que indicavam que seus suspeitos haviam fugido por uma porta nos fundos. Os suspeitos estavam fugindo sobre um muro, agindo rapidamente, Trugilderg pegou seu bastão, se posicionou e girou, acertando o mais proximo, o efeito foi um belo mortal no ar e um suspeito no chão, sobre o peso de Trugilderg. Com o seu "amigo" caido, o outro suspeito fugiu mais rapido, mas Gunter foi rapido e agil, cravando o martelo com todo peso.

Logo ambos estavam reunidos, cada um com sua presa. Trugilderg os interrogou sobre o incendio, descobrindo que eles foram contratados pelo homem do manto negro e receberam frascos de oleo, materiais caros. Após isso, eles entregaram os arsonistas para a policia que prontamente os prendeu.

Barco: Menae e Ulfric correm para o barco, cuja situação estava critica. O fogo estava se alastrando rapidamente e de forma não natural. Não obstante, haviam pessoas gritando de dentro do barco. Menae invocou um passaro para explorar a cena e encontrar as pessoas presas pelo fogo e mostrar para Ulfric o caminho. Ulfric pega um pano molhado e "mergulhou" no fogo, heroicamente ele se move no barco encontrando alguns sobreviventes e levando-as para fora, no entanto, não havia uma forma de sair do barco, a rampa de embarque havia caido, felizmente ele foi forte o suficiente para jogar as crianças para fora e ajudar a mulher a pular. Sua sorte havia acabado, infelizmente, quando o mastro caiu sobre as costas dele, o derrubando na água. Menae conseguiu invocar porongos para flutuar e resgatar seu amigo, evitando a sua morte.

Os trabalhadores correram para apagar o fogo, tentando o cobrir cortando o oxigenio dele e em conjunto com a chuva agora mais forte, eles foram bem sucedidos. Após o cataclisma ter acabado, o barqueiro agradeceu por eles terem salvo sua familia.

Reunião: Após pergutarem o que aconteceu para os trabalhadores locais, eles descobriram que seus amigos haviam ido para a taverna Cavalo Branco.

Dentro da taverna eles encontraram Ulfric e Menae com a familia do barqueiro, sua conversa foi para quem poderia ter atacado o barco; Como Klaus era o antigo "homem dos impostos", o barqueiro o pagava para se manter protegido, com a morte de Klaus, seu pagamento não era mais valido e por isso teve seu barco queimado.

No outro dia o grupo saiu para ir falar com a guilda dos lampiões e no meio do caminho eles encontraram outro corpo com as mesmas caracteristicas do Klaus, provavelmente assassinado. Ulfric foi conversar com o seu mestre sobre o emprego da Beatrix e a levou para lá. Na guilda dos lampiões eles haviam perdido alguns oleos e foram obrigados a encomendar de fora da cidade. Saindo da guilda, uma criança veio procurando o Jotun para entregar uma mensagem: Curd Wies desejava os encontrar no Carruagens do Sol Vermelho logo no amanhecer.

Novo amanhã: O grupo partiu para as docas logo no amanhecer, de acordo com a mensagem de Curd Wies. Lá eles aprendem que uma carroça com tecidos, vinhos e óleos que estava vindo para a cidade havia sido interceptada, a nova missão: Descobrir o que aconteceu com ela com o pagamento: 4ss por descobrir o que aconteceu, 12 ss pelos oleos, 6ss pelos tecidos, 8ss pelos vinhos

Sendo assim, os aventureiros partiram em busca da carga perdida. No meio do caminho Menae viu marcas de uma carroça sendo levada para fora da estrada, seguindo a trilha para dentro de uma floresta, o grupo esperou na borda da floresta enquanto a pequena fauna avançava cautelosamente para ver a frente. O cenario era grotesco, a carroça estava atirada em um lado, esquecida, os cavalos abertos e no centro, figuras humanas pareciam estar se deleitando com pedaços dos já falecidos. Após ela voltar para o grupo; Gunter, Trugilderg e Ulfric decediram que a melhor tatica seria avançar logo em força total para utilizar o elemento surpresa. Após um breve combate, o grupo fez um inventario do que restava, o oleo havia já sido levado, o vinho havia apenas um barril pela metade restando e os tecidos, felizmente, não tinham sido atingidos.

Recolhendo um dos corpos e a carroça quebrada, o grupo voltou para a cidade, re-encontrando o Curd Wies nas Carruagens do Sol Vermelho. Apesar de insatisfeito que o grupo não fora capaz de recuperar tudo, ele pagou o valor combinado e deixou o meio barril de vinho para os aventureiros. Antes de se despedir dos aventureiros, ele perguntou se eles ainda estariam prontos para ajudar seu lorde novamente. Com isso o grupo partiu para entregar os tecidos e o padre voltou para a igreja para entregar o corpo corrompido.

E então o grupo voltou para a taverna para descançar e se preparar para o que poderia acontecer no futuro.

Comments

JulianoDeSouzaSilva mahntthaxarkyan

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.